VISITE NOSSAS REDES SOCIAIS E VEJA COMO FOI O O EVENTO.

MESAS

13h – 13h50 – PRODUÇÃO DE QUADRINHOS INDEPENDENTES NO BRASIL
com dika araujo, chairim arrais e aline zouvi com a mediação de natália sierpinski


DIKA ARAUJO 

dika araújo é ilustradora, character designer e quadrinista desde 2012. participou das coletâneas independentes ‘amor em quadrinhos’ e ‘melaço’, coloriu ‘cangaço overdrive’ (editora draco) e ilustrou para ftd, redballoon, think olga, estadão, hyundai e itaú. trabalhou como desenhista/arte-finalista em ‘quimera’ (pagu comics), . trabalhou nas séries ‘oswaldo’ (cartoon network/tv cultura) e clube da anittinha (gloob/gloobinho)


CHAIRIM ARRAIS 

formada em design gráfico pela universidade paulista de campinas, atualmente estuda psicologia e trabalha diretamente com quadrinhos e ilustrações. criadora das webcomics purple apple, crisálida e as aventuras da bruxinha mô, chairim sempre foi apaixonada por quadrinhos e animações, desenhando e ilustrando sempre em estilos diversos que variam do infantil ao adulto. em 2019, foi indicada ao troféu angelo agostini e ao prêmio hqmix como melhor desenhista.


ALINE ZOUVI 

aline zouvi fez mestrado sobre as obras da quadrinista alison bechdel. desde 2017, dá oficinas de quadrinhos, faz cartuns para a folha de são paulo e tem publicado diversos quadrinhos e zines, dentre os quais destacam-se síncope (lançado na ccxp 2017 e vencedor do prêmio dente de ouro 2018 e finalista do hqmix na categoria hq independente) e óleo sobre tela (ugrapress, 2018). participou de diversos bate-papos e eventos sobre quadrinhos, dentre eles o fiq, a poc con, des.gráfica, ccxp, entre outros. colaborou com mídias especializadas em hq, como os sites balbúrdia, vitralizado, o quadro e o risco e os canais papo zine e quadrilhagem. no momento, está trabalhando em sua primeira graphic novel a sair por uma editora.


NATÁLIA SIERPINSKI:

natália sierpinski é pesquisadora de histórias em quadrinhos, gênero e educomunicação desde 2014. editora do minas nerds e colaboradora do garotas nerds e uma das autoras do livro mulheres & quadrinhos. atualmente é mestranda em ciências da comunicação, no butantã, eca-usp, em que continua pesquisando a relação entre histórias em quadrinhos, gênero e educação. 

14:00 – 14:50 – QUADRINHOS PERIFÉRICOS

com juliana oliveira, ferrez e amanda treze com a mediação de lucas andrade

JULIANA OLIVEIRA 

juliana de oliveira é formada em história pela unisa e em ciências sociais pela unimes, e cursos de extensão em ciências humanas pelo iics e de quadrinhos em sala de aula pela fundação demócrito rocha, atuando como professora na rede municipal de são paulo. é produtora de conteúdo de cultura pop, geek e nerd, mas o que poucas pessoas sabem, é que se existisse uma faculdade de memes, ela seria a diretora. rainha dos nossos stories no instagram, a juh entende tudo sobre ficção científica e questões raciais. editora do minas nerds. 

FERREZ 

escritor, palestrante, ativista social e empresário além de parceiro de trabalho de paulo lins, marcelino freire, lourenço mutarelli, arnaldo antunes, zeca baleiro e chico césar. foi com capão pecado(2000) que se firmou como um dos melhores escritores da sua geração. grande ativista do movimento hip hop fundou o selo literatura marginal , a 1dasul, marca de roupas produzidas no bairro que já é tem uma rede de lojas e a ong interferência que atua no capão redondo atendendo mais de uma centena de crianças.

AMANDA TREZE 

amanda treze é graduada em cinema de animação pela universidade federal de pelotas,durante o curso dirigiu o curta-metragem em animação 2d céu da boca (2019) que vem circulando em mostras  de cinema do país. seu  principal estímulo é o de  contar histórias e foi assim que acabou revisitando a linguagem dos quadrinhos na hq brisa errada.

MEDIAÇÃO: LUCAS ANDRADE

lucas andrade, educador de biologia, ilustrador e quadrinista independente. morador do grajaú, região periférica da zona sul, ilustra em seus traços a realidade crua da periferia, mas também tenta mostrar as belezas que cada morador tem dentro de si. já participou do quadrinho “servo dos servos”, da editora capão redondo. ilustrou o quadrinho “kauira dorme”, atualmente em campanha, que conta a história de uma semi-deusa que foi morar na quebrada. participa do podcast “alô, ciência?” e de projetos de popularização da ciência, contribuindo com suas ilustrações também.

15h – 15h50 – REPRESENTATIVIDADE NEGRA NAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS

com marcelo d’salete, fernanda alcântara e nobu chinen com mediação de caio ferraro

MARCELO D’SALETE 

marcelo d’salete é autor de histórias em quadrinhos, ilustrador e professor. estudou design gráfico, é graduado em artes plásticas e mestre em história da arte. publicou o álbum cumbe e angola janga – uma história de palmares. no brasil, angola janga foi agraciado pelo prêmio grampo ouro 2018, hqmix 2018 e jabuti 2018. a obra foi selecionada pelo pnld literário de 2019 para o ensino médio. o livro foi publicado também na frança, portugal, áustria, espanha, polônia e eua. a obra encruzilhada, relançado em 2016, trata de violência, jovens negros e discriminação em grandes cidades.

 

FERNANDA ALCÂNTARA 

fernanda alcântara é jornalista, pesquisadora de quadrinhos e atualmente cursa o mestrado em comunicação na usp. por quatro anos foi editora-chefe da revista raça e desde 2014 realiza palestras sobre temas como comunicação, diversidade e igualdade racial e de gênero. voluntária na fgv dando aulas de atualidades para o cursinho pré-vestibular da instituição. editora do minas nerds. 

 

NOBU CHINEN 

publicitário, escritor, professor e pesquisador. doutor em ciências da comunicação pela eca-usp. docente do curso de produção editorial da escola de comunicação da universidade federal do rio de janeiro (eco-ufrj). pesquisador membro do observatório de histórias em quadrinhos da eca-usp. membro da comissão organizadora do prêmio hqmix. coorganizador das jornadas internacionais de histórias em quadrinhos. autor de livros corporativos e de obras teóricas sobre design gráfico, comunicação e histórias em quadrinhos, entre os quais “o negro nos quadrinhos do brasil (2019); “linguagem mangá conceitos básicos” (2013) e “linguagem hq conceitos básicos” (2011).

 

MEDIAÇÃO DE CAIO FERRARO 

professor de história da rede pública, mestre em educação, pesquisador da utilização de histórias em quadrinhos na sala de aula e militante da educação antirracista.

16:00 – 16:50 – JORNALISMO EM QUADRINHOS

com helo d’angelo, carol ito e cecilia marins com mediação de luiza vilela

 

CECILIA MARINS 

cecilia marins é quadrinista e jornalista. é autora da hq reportagem “parque das luzes”, onde conta as histórias que ouviu ao longo de um ano ao lado das mulheres em situação de prostituição no parque da luz, em são paulo. uma das vencedoras do prêmio cásper líbero, já teve trabalhos publicados em veículos como cláudia, tv gazeta e catraca livre.

 

HELO D’ANGELO

helô d’angelo é quadrinista e ilustradora de são paulo. formada em jornalismo, gosta de misturar arte e escrita em reportagens gráficas – mas sua paixão é fazer tirinhas e charges diárias sobre política e cotidiano, que publica principalmente em suas redes sociais. mais recentemente, entrou na pira de produzir quadrinhos ficcionais e não conseguiu mais sair (ainda bem!), e se divide entre seus trabalhos como freelancer, roteiros de novas hqs e momentos de carinho com seus gatos e cachorros – que, claro, inspiraram “dora e a gata”, sua primeira graphic novel.

 

CAROL ITO 

a quadrinista e jornalista carol ito cresceu em marília (interior de são paulo) e mora há 3 anos na capital. em 2014, criou blog de quadrinhos autorais salsicha em conserva, em que publica hqs com temas ligados a comportamento, política e gênero. desenvolve trabalhos de jornalismo em quadrinhos para veículos como trip e tpm. é mestra em ciência da informação pela eca-usp com pesquisa sobre mulheres que produzem webcomics no brasil. também é coordenadora do políticas, projeto dedicado a publicar quadrinhos políticos feitos por mulheres. em 2019, foi indicada ao troféu angelo agostini, na categoria “melhor cartunista”.

 

COM MEDIAÇÃO DE LUIZA VILELA 

luiza vilela é jornalista, criadora do projeto phantom ladies, que analisa o trabalho de mulheres nos quadrinhos, criadora do quadro pauta nerd, na rádio brasil de fato e colaboradora do site delirium nerd.

17:00 – 17:50 – PRODUÇÃO DE CONTEÚDO FEMINISTA ONLINE SOBRE QUADRINHOS

com minas nerds (gabriela franco), mina hq (gabriela borges) e andreza delgado (perifacon) com a mediação de lara viscouto (nó de oito)

 

GABRIELA FRANCO 

cineasta pela academia internacional de cinema e jornalista pela faculdade cásper líbero, especializada em cultura pop pelo smithsonian institute nos eua, estudou o impacto da cultura pop na sociedade atual e a análise de super-heróis como mitos modernos. colaboradora da revista mundo dos super-heróis e criadora e editora do site e iniciativa minasnerds.

 

GABRIELA BORGES 

gabriela borges, jornalista e mestra em antropologia. é criadora da mina de hq, selo independente com foco em gênero e representação nas histórias em quadrinhos, que reúne pesquisa, curadoria, produção de conteúdo, organização de cursos e eventos, e divulgação de hqs feitas por mulheres, pessoas trans e não binárias.

 

ANDREZA DELGADO 

andreza delgado é criadora e produtora do perifacon a primeira comic con da favela, que reuniu mais de 7mil pessoas no bairro do capão redondo. escreve para revista adolescente capitolina que tem dois livros publicado pela companhia das letras e mantém um projeto de gibiteca coletiva em presídios, fundações casas e organizações que atenda crianças e jovens nas periferias de são paulo

 

COM MEDIAÇÃO DE LARA VASCOUTO 

formada internacionalista, lara vascouto é a idealizadora e fundadora do nó de oito, além de profissional da área de publicidade online e produção de conteúdo. autora, editora e produtora de mais de quatrocentos textos e vinte horas de podcast, lara vem produzindo conteúdo online desde 2014, com o objetivo de trazer à luz temas relacionados à representatividade de mulheres e outras minorias na mídia e cultura pop.

18:00 – 18:50 – SEXUALIDADES E DIVERSIDADE NOS QUADRINHOS

com raquel vitorelo, kauê xavier e lovelove6 com a mediação de gabriela franco

 

RAQUEL VITORELO 

vitorelo é artista, designer e mestre em semiótica, pesquisadora de estratégias estéticas de resistência. seu trabalho autoral aborda temas como gênero e saúde mental, fazendo uso de experimentações gráficas e narrativas. finalista do prêmio dente de ouro e indicada ao prêmio grampo, artista contemplada da iii mostra diversa 2019. entre seus clientes estão buzzfeed, avon, instagram, sabesp. é atualmente membro fundadora da rede de líderes do facebook.

 

KAUÊ XAVIER 

designer e ilustrador graduado em design gráfico pela universidade federal de pelotas (ufpel). atualmente, mestrando do programa de pós-graduação em comunicação (ppgcom) da eca-usp. estuda representação social nos eixos de raça, gênero e sexualidade nos quadrinhos, com foco no processo de criação de personagens lgbt e narrativas homoeróticas.

 

LOVELOVE6 
lovelove6 nasceu em brasília, em 1989. autora de histórias em quadrinhos e autopublicadora, também é produtora da feira dente de publicações (df). presente na lista de mulheres inspiradoras de 2014 da ong. think olga, promove por meio do seu trabalho reflexões sobre direitos sexuais e reprodutivos, direitos identitários lgbtq e direitos humanos em geral. sua comédia erótica em quadrinhos, garota siririca, foi finalista na categoria melhor publicação erótica do trófeu hqmix 2016, é objeto de estudo de pesquisas acadêmicas e junto com a zine fortona integrou a exposição histórias feministas no masp (2019). teve sua história em quadrinhos gastrite nervosa premiada pela convocatória des.gráfica de quadrinhos experimentais e publicada pelo museu da imagem e do som (sp) em 2017. com o apoio de leitoras e leitores, desde 2013 mantém uma produção consistente e independente de editoras, sendo assim possível socializar suas melhores produções gratuita e integralmente no site lovelove6.com.

COM MEDIAÇÃO DE GABRIELA FRANCO 

jornalista, cineasta e criadora do minasnerds. 

Fechar Menu